Bonner e Renata abrem JN com notícia mais importante do dia e não deixam pedra sobre pedra

Matérias Top 07/01/2021 Relatar Quero comentar

William Bonner e Renata Vasconcellos apresentaram uma versão mais enxuta do Jornal Nacional, nesta quarta-feira (6), devido à transmissão do futebol. Neste dia da semana, o telejornal mais importante da TV brasileira tem apenas 30 minutos de duração.

Na prática, isso significa que as notícias que vão ao ar precisam ser ainda melhores selecionadas já que o JN tem metade da duração dos outros dias da semana. Nesta edição, Bonner e Renata começaram o telejornal mais assistido do Brasil com uma notícia muito importante.

Logo depois do boa noite de ambos, Renata anunciou. “Atentado contra a democracia americana”, disse a jornalista. “Incentivados por Donald Trump, apoiadores dele invadem o Congresso dos Estados Unidos”, afirmou Bonner. “E interrompem a oficialização da vitória de Joe Biden na eleição presidencial de novembro”, completou Renata.

A escalada de notícias do JN continuou. “Nos corredores, as milícias promovem atos de vandalismo e enfrentam policiais”, anunciou Bonner. “Presidente eleito, Joe Biden diz que os extremistas não representam o país e pede a Trump que conclame os invasores a deixar o Congresso”, afirmou Renata. “E o presidente que incitou a multidão diz que é hora de os manifestantes voltarem pra casa”, finalizou Bonner.

Jornal Nacional dedica espaço para cobrir manifestação nos Estados Unidos

A manifestação de um grupo de apoiadores de Donald Trump foi o principal assunto do Jornal Nacional. O telejornal da TV Globo dedicou espaço para cobrir a invasão ao Congresso americano. O caso repercutiu em todo o mundo e foi visto como um ataque à democracia americana. Joe Biden toma posse em janeiro.

Comentário do usuário