Médicos pedem a mãe que sacrifique sua filha para salvar os filhos – sua resposta está sendo aplaudida por milhares

Tá na Rede 06/01/2021 Relatar Quero comentar

Chloe Dunstan e Rohan sempre tiveram um sonho de terem uma família numerosa. O casal já tinham três garotos maravilhosos, mas ainda assim achavam que sua vida não estava completa sem uma garota. Eles decidiram tentar sua sorte e conseguiram engravidar de trigêmeos: dois meninos e uma menina. Infelizmente, os médicos disseram que o casal teria de sacrificar sua filha.

Passadas poucas semanas depois de ter engravidado, Chloe foi fazer um exame de rotina para se certificar de que a gestação estaria indo bem. Foi então que o casal recebeu a grande notícia: eles não estaria esperando apenas um filho, mas sim três!

Chloe e Rohan começaram a planejar seu futuro e a preparar sua casa para a chegada dos  Mas, quando a jovem estava na sua 28ª semana, ela fez outro exame que a deixou em choque. A mulher tinha em seu útero dois meninos e uma menina. Os meninos estavam se desenvolvendo bem, mas a menina estava subdesenvolvida – e a situação se tornava cada vez mais séria a cada dia que passava.

Os médicos de Chloe explicaram que a menina provavelmente morreria a menos que fosse operada. O procedimento, no entanto, colocaria os meninos em risco. Chloe teve que decidir se queria operar e arriscar a saúde dos três bebês, ou sacrificar a vida da filha para garantir que seus outros filhos nascessem saudáveis. Os pais sabiam que tinham que tomar uma decisão difícil.

“Eu quase não conseguia ouvir aquilo… Minha mente estava em um caminho unidirecional de ‘Eu quero TODOS meus bebês.’ Pensei brevemente na alternativa, fiz muitas pesquisas e tentei saber o que eles iriam enfrentar. Eu sabia que seria difícil, mas eu simplesmente não podia desistir dela… Sabia que ela era forte porque conseguiu sobreviver 28 semanas quase sem receber nutrientes no útero “, escreveu Chloe no Facebook . Embora teria sido uma decisão difícil, o casal decidiu tentar salvar a menina, e seus dois irmãos.

Chloe Dunstan e Rohan sempre tiveram um sonho de terem uma família numerosa. O casal já tinham três garotos maravilhosos, mas ainda assim achavam que sua vida não estava completa sem uma garota. Eles decidiram tentar sua sorte e conseguiram engravidar de trigêmeos: dois meninos e uma menina. Infelizmente, os médicos disseram que o casal teria de sacrificar sua filha.

Passadas poucas semanas depois de ter engravidado, Chloe foi fazer um exame de rotina para se certificar de que a gestação estaria indo bem. Foi então que o casal recebeu a grande notícia: eles não estaria esperando apenas um filho, mas sim três!

Chloe e Rohan começaram a planejar seu futuro e a preparar sua casa para a chegada dos  Mas, quando a jovem estava na sua 28ª semana, ela fez outro exame que a deixou em choque. A mulher tinha em seu útero dois meninos e uma menina. Os meninos estavam se desenvolvendo bem, mas a menina estava subdesenvolvida – e a situação se tornava cada vez mais séria a cada dia que passava.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar