Bonner e Renata encerram Jornal Nacional em completo silêncio e clima de luto emociona

N. Ferreira 08/01/2021 Relatar Quero comentar

William Bonner e Renata Vasconcellos são bastante conhecidos pelo público. Os dois apresentam o Jornal Nacional, telejornal de maior audiência da TV brasileira e exibido pela TV Globo desde o fim dos anos 1960. Bonner está no JN desde os anos 1990. Renata entrou em 2014. 

O Jornal Nacional está, todos os dias, divulgando os números sobre a Covid, números que muitas vezes causam preocupação, mas que também são essenciais para a gente entender para onde estamos indo nessa pandemia. E os dados desta quinta-feira (7) trazem esse impacto.

Neste dia 7 de janeiro de 2021, o Brasil passou de 200 mil mortes por Covid. Já são 200.163 pessoas que perderam a vida desde o começo da pandemia. Segundo o balanço do consórcio de veículos de imprensa, 1.120 mortes foram registradas nas últimas 24 horas.

Desta quarta para esta quinta, 56.404 casos foram registrados no país. O total é de 7.930.943 até agora.

O Brasil teve a primeira morte no dia 17 de março, 20 dias depois do primeiro caso. Em junho, chegamos a 50 mil vítimas da doença. Depois disso, o número de mortes deu um salto. Em menos de dois meses, atingimos 100 mil e, em mais dois meses, 150 mil. De outubro pra cá, chegamos aos mais de 200 mil mortos.

A dor no Brasil é também a de muitos países. Mas quando a gente olha para o mundo, só ficamos atrás dos Estados Unidos, onde mais de 364 mil pessoas já morreram. O Brasil aparece em segundo lugar, depois vêm a Índia, o México e o Reino Unido.

Nesta quinta, o Brasil registra, em média, 36.452 novos casos por dia, uma queda de 10% na comparação com a média de duas semanas atrás.

Depois de 10 dias diminuindo, hoje temos uma inversão na média de mortes. São, em média, 741 por dia, 7% a mais do que a média de 14 dias atrás - aumento ainda dentro da estabilidade.

O Paraná não divulgou dados nesta quinta até às 20h, por isso não está em nenhum dos três grupos.

Com alta na média de mortes, estão o Distrito Federal e dez estados: Amazonas, Roraima, Rondônia, Tocantins, Piauí, Ceará, Paraíba, Sergipe, Goiás e Rio de Janeiro.

Em estabilidade, temos 12 estados: Acre, Amapá, Pará, Maranhão, Rio Grande do Norte, Alagoas, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, São Paulo e Rio Grande do Sul.

E apenas três estados aparecem com queda na média de mortes: Pernambuco, Minas Gerais e Santa Catarina.

Bonner e Renata encerram Jornal Nacional em completo silêncio e clima de luto emociona

veja o vídeo

Comentário do usuário