Família de idosa que participou de série da Anitta pede retirada de cena na Justiça: 'ficou muito constrangida'

YURI THIAGO 16/01/2021 Relatar Quero comentar

A família de uma idosa de Macaé (RJ) está processando a cantora Anitta por exposição da imagem de Maria Ilza de Azevedo Silva, de 72 anos, na série documental "Made in Honório", que conta os bastidores da vida pessoal e profissional da cantora, lançada na Netflix em 16 de dezembro de 2020.

O trecho da série mostra Dona Ilza sentada no sofá da casa da artista. A fã dá um presente para cantora, que logo agradece. Mas, em seguida, Anitta aparece em outro cômodo da casa reclamando do episódio. A artista aparece irritada e questiona como a idosa conseguiu entrar na residência.

"É isso o tipo de coisa que acontece na minha vida. É isso aí as coisas que acontecem na minha casa. De repente eu olho e tem uma fã sentada no sofá. Quem chamou? Por quê? Então, para você que é meu fã, já sabe, né? Entrou aqui no condomínio, veio aqui pra porta de casa, minha mãe coloca você pra dentro e é isso. Toma café, acorda, dorme", disse Anitta no vídeo.

Em outro vídeo, já nas redes sociais, Anitta volta a falar sobre o acesso de fãs à sua residência.

"Qualquer ser humano que entrar na minha casa sem ser convidado... Já aconteceu, inclusive, duas vezes e eu tratei foi muito mal, viu? Quase tirei a vassourada. E se fizer de novo vou tratar mal de novo. Não vem na minha casa não", disse a cantora na ocasião.

Além de Anitta, o processo que a família de Dona Ilza move na segunda Vara Cível de Macaé também é contra a Netflix e a produtora responsável pela série. O pedido é para que a parte do episódio em que Dona Ilza aparece seja retirada do ar. A família afirma que a fã nunca assinou nenhuma autorização de imagem para a série.

"Eu perguntei para ela várias vezes 'Mãe, você assinou algum documento?', e ela disse que não. Inclusive, ela não sabia nem que estava sendo filmada. No episódio dá pra ver que ela fica olhando pra Anitta o tempo inteiro. Ela não olha pra câmera. Ainda mais uma pessoa que não está acostumada com isso, no mínimo, ela olharia pro lado pra ver a câmera. Ela realmente não sabia que estava sendo filmada", diz a neta, que considera a avó como mãe, Gabriela Pinheiro.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar