Grávida morre após sofrer mal súbito ao saber que o pai havia falecido por Covid

Carlosandre1055 08/01/2021 Relatar Quero comentar

A escrivã Marciele Feldman, de 40 anos, que estava grávida, morreu nessa quinta-feira (7) em Cuiabá, Mato Grosso, treze dias depois de descobrir que o pai dela, Lauro Feldmann, de 69 anos, havia falecido em decorrência de complicações da Covid-19. Ela sofreu um mal súbito ao receber a notícia, foi internada e, posteriormente, teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC), que lhe tirou a vida. 

O pai dela estava hospitalizado desde o 18 de novembro de 2020 no Hospital Regional de Água Boa, no interior do Mato Grosso, e faleceu no 25 de dezembro.Marciele era mãe de uma adolescente de 16 anos e estava grávida de oito meses do segundo filho, Bernardo Augusto, que conseguiu sobreviver após um parto às pressas no hospital onde ela foi internada.A criança sofreu com insuficiência respiratória, mas recebeu alta no primeiro de janeiro e está sob os cuidados da família.

Quando sofreu o mal súbito, Marciele foi ao hospital e, durante a internação, o parto foi realizado. Enquanto estava se recuperando dos procedimentos, ela se queixou de uma forte dor de cabeça, e precisou ser entubada e transferida para uma Unidade de Terapia Intensiva.Contudo, nessa quinta-feira, ela faleceu. O corpo dela foi enterrado na manhã desta sexta-feira (8) em Água Boa, onde vivia o pai dela. 

Comentário do usuário
Você pode gostar